top of page

+publicidade+

Conversas Maternas - Eduardo Duarte

Aleitamento materno


Aleitamento materno - bebe mamando e sorrindo

O aleitamento materno é uma prática fundamental para garantir a saúde e o bem-estar dos bebês, além de trazer inúmeros benefícios para as mães.


É uma das melhores formas de nutrir um bebê, oferecendo todos os nutrientes essenciais para o seu desenvolvimento saudável.


Também é um momento de vínculo único entre mãe e filho, e é considerado uma das formas mais importantes de proteger a saúde infantil. Se você é mãe de primeira viagem, não se preocupe. Nós vamos explicar tudo o aleitamento materno pra você.


Importância do aleitamento materno

O aleitamento materno é importante por uma série de motivos. Primeiro, o leite materno é o alimento mais completo e equilibrado que um bebê pode receber nos primeiros meses de vida. É uma fonte rica em proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais, e contém todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento do bebê.


Além disso, o leite da mãe contém anticorpos que ajudam a proteger contra infecções e doenças. A doutora Bruna Mello explica que o aleitamento materno é como se fosse a primeira “vacina do bebê”. "Nele ofertamos diversos nutrientes que fortalecem a imunidade o bebê".


A amamentação é um momento único de conexão entre mãe e filho. Também ajuda a criar laços afetivos com entre mãe e bebê. "Eu sempre digo o amamentar é alimentar, é nutrir, é acolher, é proteger, é unir duas vidas em lindo laço.” reforça a doutora.



Benefícios do aleitamento materno para a mãe

O aleitamento materno também é benéfico para as mães.


Durante a amamentação, o corpo libera hormônios que ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade, além de promover a recuperação pós-parto e a perda de peso. Também pode ajudar a prevenir o câncer de mama e outras doenças.


Dificuldade no aleitamento

Aleitamento materno

Mas apesar de todos os benefícios, muitas mães enfrentam dificuldades na hora de amamentar. Algumas têm dificuldade em produzir leite suficiente, enquanto outras enfrentam problemas como fissuras nos seios ou desconforto durante a amamentação.


Uma das melhores formas de garantir o sucesso da amamentação é buscar apoio e orientação desde o início. As mães devem procurar ajuda de profissionais de saúde, como obstetras, pediatras e consultoras de amamentação, que podem ajudar a resolver problemas e oferecer dicas e orientações para facilitar a amamentação.


De tempo ao tempo

  • É importante lembrar que a amamentação é uma habilidade que pode ser aprendida e aprimorada ao longo do tempo.

  • Não é incomum que as mães enfrentem alguns obstáculos no início, mas com paciência, prática e apoio, a maioria consegue superá-los e desfrutar dos inúmeros benefícios do aleitamento materno.

  • Ao buscar apoio e orientação desde o início, as mães podem superar obstáculos e desfrutar dos muitos benefícios dessa prática essencial.


aleitamento materno e nutrição do bebê

Durante os primeiros meses de vida, o leite materno é a única fonte de nutrição do bebê e é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que seja oferecido exclusivamente até os 6 meses de idade.


Após esse período, o aleitamento materno pode ser complementado com outros alimentos, mas deve ser mantido até pelo menos os 2 anos de idade.


Além dos benefícios nutricionais, o aleitamento materno também ajuda a criar um vínculo afetivo forte entre mãe e bebê, além de contribuir para o desenvolvimento emocional do recém-nascido.


Por isso, é importante que as mães amamentem seus filhos. Você deve buscar ajuda se estiver encontrando dificuldades com a posição e a pega correta do seio, para evitar possíveis desconfortos e problemas.


Aleitamento e alimentação da mãe

Aleitamento materno - dieta

É fundamental que as mães tenham uma alimentação saudável e equilibrada durante a amamentação, para que possam fornecer todos os nutrientes necessários para o bebê.


A dieta da mãe deve ser rica em frutas, verduras, legumes, proteínas magras e carboidratos complexos. Alguns alimentos, como café, chá, álcool e alimentos muito condimentados, devem ser evitados ou consumidos com moderação.






Aleitamento materno e licença maternidade

A legislação brasileira garante às mães o direito à licença maternidade, que consiste em um afastamento do trabalho remunerado por um período de 120 dias, com a possibilidade de prorrogação por mais 60 dias em empresas que aderem ao Programa Empresa Cidadã.


Durante esse período, a mãe tem a garantia de estabilidade no emprego e deve receber seu salário normalmente.


A lei também reconhece a importância do aleitamento materno, estabelecendo que toda criança tem direito a ser amamentada desde o nascimento até os 6 meses de idade exclusivamente com leite materno, e que a amamentação deve ser complementada com outros alimentos até pelo menos os 2 anos de idade.


É direito da mulher amamentar seu filho durante a jornada de trabalho, desde que seja garantido um local adequado e privativo para a amamentação.


É importante que as empresas cumpram essas legislações e que a sociedade como um todo reconheça a importância do aleitamento materno e da licença maternidade para a saúde e o bem-estar das mães e dos bebês.


Meu bebe nasceu. E agora?

Como sociedade, precisamos oferecer apoio, suporte e orientação para as mães durante o período do aleitamento. Algumas opções são os programas de incentivo ao aleitamento materno e acesso a consultores de amamentação.


Dessa forma, a mulher se sente segura para exercer o papel de mãe e de cuidar do seu bebê nos dias mais importantes para o desenvolvimento saudável do indivíduo. Procure ajuda e garanta os seus direitos.



*Geovanna Tominaga é jornalista, educadora parental, especialista em Neurociência, Educação e Desenvolvimento Infantil. Estudante de Psicologia e mãe de primeira viagem do Gabriel.




Posts recentes

Ver tudo
Conversas Maternas
  • Twitter
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • LinkedIn
Grupo de mães

Deixe seu email pra receber mais dicas!

Seja bem-vindo!

Grupo de mães
bottom of page