top of page

+publicidade+

Conversas Maternas - Eduardo Duarte

Streptococcus, a temida bactéria



Streptococcus

Você já ouviu falar sobre essa bactéria? O Streptococcus é uma bactéria comumente encontrada no trato genital e urinário de mulheres e não causa sintomas na maioria das vezes. Mas gestantes é importante investigar, pois ela está relacionada a infecções graves em recém-nascidos, como sepse, meningite e pneumonia.


Resolvi falar sobre este assunto porque vem deixando muitas famílias aflitas nos últimos meses devido as notícias dos casos da doença em Minas Gerais. A bactéria Streptococcus  está circulando em nosso meio e vem sendo assunto constante nas emergências e consultórios pediátricos.


Veja as notícias:

O objetivo aqui é te alertar que nem toda dor de garganta pode ser tratada com qualquer remédio, com corticoide, com medicação por conta própria ou protocolo caseiro. Dor de gaganta precisa ser avaliada e investigada para que seja descartado infecção bacteriana! 


Streptococcus: o tratamento

Afinal, se tivermos bactéria na amigdala o tratamento deve ser feito com antibiótico adequadamente evitando assim complicações. Esta bactéria já é conhecida há bastante tempo e pode causar:


  • Quadros leves desde infeções de amigdala leve que necessita de tratamento com antibiótico.

  • Casos que agridem não só amigdala mas também acometem a pele - chamada de escarlatina - e também precisa de antibiótico.

  • Casos de infecções de pele, como impetigo e também precisa de tratamento específico e adequado.

  • Podemos ter também, uma resposta exacerbada do corpoa esta bactéria levando a uma doença autoimune chamado de Febre reumática.

  • Lesão renal que chamamos de glomerulonefrite que leva a urina com sangue e aumento de pressão arterial e também precisa de tratamenro e acompanhamento específico.

  • E quadros mais graves a infecção generalizada que chamamos de sepse e que é o que ocorreu nos casos acima 3 infelizmente podem levar ao óbito.


Exames para detectar o Streptococcus

Hoje em dia temos um exame execelente, simples, indolor, que é um swab oral (o exame do cotonete) em que passamos na amigdala do pacoente chamado de Strepteste. Caso o resultado seja positivo o tratamento deve ser feito com antibioticoterapia adequada.


Tenha um pediatra de sua confiança. Caso seu filho e caso sua criança apresente alguma sintomatologia o contate para realizar a investigação e tratamento adequado.



*Bruna Mello é médica pediatra, formada pela UNESA desde 2016, com residência em Pediatria no Hospital Municipal Jesus. Cursa pós-graduação em Nutrição Materno Infantil pela FAPES. Também é consultora de amamentação.

Posts recentes

Ver tudo
Conversas Maternas
  • Twitter
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • LinkedIn
Grupo de mães

Deixe seu email pra receber mais dicas!

Seja bem-vindo!

Grupo de mães
bottom of page