top of page

+publicidade+

Conversas Maternas - Eduardo Duarte

Meu filho, superdotado?


 superdotado

Conheça os sinais das Altas Habilidades ou Superdotação e saiba como ajudar seu filho a desenvolver ao máximo as suas potencialidades:


Andar ou falar muito cedo, aprender a ler ou escrever precocemente, apresentar talentos, imaginação excessiva, choros sem sentido, comportamentos perfeccionistas, excesso de autocrítica e inflexibilidade.


Esses são alguns aspectos que podem passar despercebidos pelos pais. Mas você sabia que esses podem ser sinais de Altas Habilidades ou Superdotação?


O QUE É SUPERDOTAÇÃO?

Altas Habilidades ou Superdotação é uma questão muito além do famoso QI (Quociente de Inteligência). Os psicólogos Howard Gardner e Joseph Renzulli deram grandes passos para o que hoje conhecemos como Altas Habilidades ou Superdotação.


O autor Gardner acredita que a inteligência não pode ser definida a partir de um número (QI) porque há existência de “Inteligências Múltiplas”, como: linguística, lógico-matemática, musical, espacial, físico-cinestésica, inteligência interpessoal, Inteligência intrapessoal, naturalística e existencial.


Já Renzulli definiu que a Superdotação compreende a interação de três fatores: habilidade acima da média, envolvimento com a tarefa e criatividade.


COMO IDENTIFICAR UM SUPERDOTADO

O processo de identificação de Altas Habilidades ou Superdotação não é muito simples porque, em alguns casos, a criança pode começar a desenvolver suas potencialidades quando chega no ambiente escolar.


Outro grande desafio, tanto para os pais quanto para os professores está na diversidade deste grupo. Cada indivíduo é único e possui suas próprias experiências socioculturais. Ou seja, não existe um manual descrevendo exatamente como é um sujeito identificado com Altas Habilidades ou Superdotação.


Mas existem sim, algumas caraterísticas comuns que você pode observar no(a) seu(sua) filho(a) antes mesmo que ele entre no ambiente escolar. Afinal de contas, o processo de identificação é uma colaboração entre a família e escola.


PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA SUPERDOTAÇÃO

Além dos sinais descritos no início deste texto, a criança pode apresentar um alto interesse por números, leitura, idiomas ou música. E, embora o processo de identificação seja desafiador, as características a seguir, podem ajudar na identificação:

  • - alto grau de curiosidade;

  • - boa memória;

  • - atenção concentrada;

  • - persistência;

  • - interesse por várias áreas e temas diversos;

  • - independência ou autonomia;

  • - alto poder de persuasão;

  • - facilidade de aprendizagem;

  • - muita criatividade e imaginação;

  • - facilidade para interagir com crianças mais velhas e adultos;

  • - iniciativa e liderança;

  • - liderança;

  • - vocabulário avançado;

  • - riqueza de expressão verbal;

  • - alto nível de energia;

  • - originalidade para resolver problemas.

Se a criança apresenta algumas ou quase todas as características descritas é importante que você busque por uma ajuda profissional de um psicólogo(a) ou neuropsicólogo(a) com especialização em Altas Habilidades ou Superdotação para uma investigação mais detalhada, pois ela precisará de um olhar multidisciplinar, que envolve os educadores(as), psicólogos(as), neuropsicólogos(as) e psicopedagogos(as). Juntos, estes profissionais irão traçar a melhor alternativa para o desenvolvimento sadio de suas potencialidades e de seu desenvolvimento socioemocional.


*Jeane Garcia é psicóloga e Mestre em Diversidade e Inclusão. Especializada em Altas Habilidades ou Superdotação, faz atendimentos clínicos a crianças, adolescentes e adultos.



Posts recentes

Ver tudo

Comments


Conversas Maternas
  • Twitter
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • LinkedIn
Grupo de mães

Deixe seu email pra receber mais dicas!

Seja bem-vindo!

Grupo de mães
bottom of page