top of page

+publicidade+

Conversas Maternas - Eduardo Duarte

Praticidade na hora da alimentação


Praticidade na hora da alimentação

Dessa vez o objetivo é fazer com que a vida da mãe ou de quem cuida da criança fique um pouco mais prática e fácil. Afinal, tempo é artigo de luxo e super escasso em nossa vida e ninguém tem tempo sobrando, não é mesmo?


Por isso, separei 7 dicas que vão facilitar a vida na hora da alimentação dos filhos.



ANOTE AÍ!

Pense no que vai cozinhar durante a semana

O planejamento é o segredo da alimentação saudável que quase ninguém conta. Pense no que vai fazer nas principais refeições e quais serão os lanches. Fruta é lanche sim!! A criança precisa de rotina com relação aos horários das refeições. Nada de ficar oferecendo comida a todo o momento ou pulando refeições.


Faça uma lista de compras

Depois de pensar no que fazer, uma lista de compras economiza tempo ao ir ao mercado e hortifruti. Assim, você conseguirá visualizar e buscar uma maior variedade de alimentos. Cada alimento possui um nutriente em maior quantidade portanto, é fonte de um nutriente mais específico. Por exemplo: a laranja e o limão são fontes de vitamina C. Já o mamão tem mais betacaroteno. Uma alimentação variada é mais saudável porque faz com que a criança consuma diferentes nutrientes. Além disso, ela proporciona uma variedade tanto de sabores como vitaminas e minerais.


Use o congelador.

Você gasta o mesmo tempo para fazer uma quantidade suficiente para somente uma refeição quanto para mais refeições. Separe um pouco para congelar. Isso faz com que você sempre tenha algo para os dias de correria em que não dá tempo de fazer comida. É só tirar do congelador. Assim, você consegue garantir economia de tempo e fugir da alimentação congelada ou rápida já pronta e cheia de aditivos químicos, estabilizantes, etc.


Faça transição da criança da brincadeira para a mesa na hora da refeição

Não existe criança goste de parar a brincadeira para ir comer, só porque está na hora do almoço. Não, isso não é exclusividade do seu filho. Comer já deixou de ser novidade. A criança quer brincar e isso é normal. Portanto, uma sugestão é pegar o brinquedo, livro ou lgo do que ela estiver fazendo e levar para a mesa para fazer a transição da brincadeira para a refeição. Nada de oferecer a comida andando pela casa e de uso de telas para manter a criança sentada, combinado?


Use copo de transição

Aos seis meses, o bebê sai da amamentação exclusiva e inicia a introdução alimentar. Nesse período a recomendação é de que se inicie a oferta de água também. Para isso, use logo um copo de transição e evite mamadeiras e chuquinhas. Ao fazer isso, você elimina mais um utensílio que vai ter que ser retirado posteriormente. Isso pode causar um estresse adicional para a família e para a criança. Os bebês podem usar copinhos com bico ou pequenos sem bico (com supervisão).


O jantar pode ser igual ao almoço

Sim, pode repetir a comida no almoço e jantar. A alimentação deve ser variada, mas não há necessidade de que você faça dois cardápios diferentes para o mesmo dia. Sendo assim, pode fazer um cardápio para cada dia, aumentando a quantidade.


Faça a mesma comida para todos.

Essa regra é básica e vale para bebês à partir de um ano também, desde que a alimentação da família seja saudável. Adote o lema que “casa não é restaurante” e não há a menor necessidade de atender as preferências individuais de cada membro da família em todas as refeições. Em restaurante, podemos escolher dentro de um cardápio oferecido. Em casa, isso não é possível. A refeição igual para todos melhora a aceitação de várias texturas, sabores e diminui a chance de desenvolvimento de seletividade alimentar.


Com essas dicas, fica mais fácil e menos estressante cuidar dessa parte super importante que se chama ALIMENTAÇÃO.


*Vanessa é nutricionista especialista em Nutrição Materno-Infantil e Nutrição Clínica, com foco em atendimento Pediátrico, Tentantes, Gestantes e Lactantes

Posts recentes

Ver tudo
Conversas Maternas
  • Twitter
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • LinkedIn
Grupo de mães

Deixe seu email pra receber mais dicas!

Seja bem-vindo!

Grupo de mães
bottom of page